Apprendre le francais a travers la culture francaise !
 
prev next

Aprender francês através do cinema : Jean Vigo “à propos de Nice” (parte 2)

A propos de Nice ……

nice

Para sua primeira tentativa, A propos de Nice (1930), Jean Vigo impaciente, apaixonadamente comprometido com sua arte, se recusa aos encargos implícitos pelos estúdios de produção convencional já bem enraizados em Nice. O filme combina clichês inerentes à cidade litorânea (turismo, jogos, hotéis de luxo, carnaval, desfile de flores, etc.) introduzindo etapas do processo formal para “a vida imprevista” e o “cinema verdade” iniciados por Dziga Vertov (L’homme à la caméra – 1929) que Vigo admira. Boris Kaufman, irmão de Vertov co-dirige o filme. Duranteuma filmagem , em 14 de junho de 1930 no Théâtre du Vieux Colombier, em Paris, Vigo preparava um texto – Rumo a um cinema social – que serve como manifesto para o principal ponto de vista documentado: “Não trata-se da revelação do cinema social, nem de lhe sufocar em uma fórmula, mas de tentar despertar em você uma latente necessidade de ver mais vezes bons filmes que lidam com a sociedade e sua relação com pessoas e coisas [...] Tal documentário social pouco se distingue de um documentário e das notícias da semana no ponto em que claramente defende o autor. O documentário exige que nós tomemos uma posição, porque põe os pingos nos is. Se ele não compromete um artista, ele compromete pelo menos um homem. Isso vale bem a pena. [...] E o objetivo será alcançado se conseguirmos revelar a razão oculta de um gesto, extraindo uma pessoa comum sua beleza interior ou sua caricatura, se conseguirmos revelar o espírito de uma coletividade baseada em uma manifestação puramente física [...]. ”

a proposjvjv1A parssagem de Jean Vigo por Nice deixa o rastro de uma dimensão menos conhecida, mas cujo caráter revela a crença de que fazer filmes ou show partilham a mesma abordagem: “Trabalhos para o despertar das consciências”. Neste ano de 1930, ele funda um cineclube “Amigos do Cinema”, que visa “promover a evolução do cinema. Em reuniões públicas: Filmes ditos da velha guarda franceses e estrangeiros. (…) Em reuniões privadas para membros: Apresentados em sua forma original e segundo indicação de seus autores de obras cinematográficas ou mutilados ou proibidos [1] O seu desejo de influenciar o público de Nice, ou criar um sensível ao cinema que é tanto social quanto experimental no campo da programação independente, mesmo transgressora, se afirmou na exibição de dois filmes proibidos na França: Le Cuirassé Potemkine e La ligne générale de Sergueï M. Eisenstein.

_________________________________________________________________________________________

[1] /n Jean Vigo de Luce Vigo – Ed. Cahiers du cinéma / Les petits cahiers

YouTube Preview Image


VN:F [1.9.7_1111]
Donnez votre avis !
Rating: 4.3/5 (6 votes cast)

Aprender francês através do cinema : Jean Vigo "à propos de Nice" (parte 2), 4.3 out of 5 based on 6 ratings
 


   Laisser un commentaire web 2.0



Plus de commentaires sur ce post.



Partagez !


Escolha a sua língua



Títulos


ZigZag vous invite à utiliser la langue française comme un passeport ouvrant les portes de l’ailleurs

Partenaire

Bien Dire - Magazine pour apprendre le Français

Azurlingua Culture recommande l'utilisation du magazine Bien Dire pour Apprendre le Français.

Apprendre le Français avec Bien Dire

COMUNIDADE AZURWORLD

-->